Catioro Go: Campanha convida pessoas a “capturar” cães abandonados ao invés de pokémons

A febre do Pokémon Go está tomando proporções gigantescas nos países onde o jogo está disponível. Basta um passeio pelas redes sociais para se deparar com vídeos de centenas de pessoas correndo em locais públicos atrás das criaturinhas virtuais. Imagine então essa quantidade de gente capturando animais reais nas ruas, faria uma grande diferença, não?

Essa é a campanha que a Prefeitura Municipal de Esteio, no Rio Grande do Sul, resolveu fazer ao convidar as pessoas a se ocuparem de outro game: o Catioro Go.

A brincadeira, divulgada nas redes sociais da instituição, desafia as pessoas a encontrar e levar para casa um cãozinho de rua. As imagens mostram montagens de cães no game da Nintendo, enquanto a mensagem diz: “Enquanto Pokémon Go não chega ao Brasil, desenvolvemos o Catioro Go! Temos muitos bichinhos em nosso Canil Municipal, com diferentes habilidades, aguardando por um treinador que possa lhes dar muito carinho e ajudá-los a evoluir“

Enquanto Pokémon Go não chega ao Brasil, desenvolvemos o Catioro Go! Temos muitos bichinhos em nosso Canil Municipal, com diferentes habilidades, aguardando por um treinador que possa lhes dar muito carinho e ajudá-los a evoluir. Para capturar o seu, é só aparecer no Canil (Avenida Luiz Pasteur, 7275 – Bairro Três Marias), que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Alertas: ao contrário dos pokémons, os catioríneos não devem ser usados em batalhas; não guarde seu catioríneo em esferas de metal: por menor que ele seja, precisa de espaço para se divertir.

Apesar da brincadeira, a adoção é uma coisa séria. Só capture seu cachorrinho se você tiver condições de cuidá-lo. Os cãezinhos vivem, em média, de 14 a 18 anos e, portanto, são companheiros pra toda a vida.

Para adotar, basta levar RG, comprovante de residência, assinar o termo de adoção e ser maior de idade. Os catioríneos já vêm castrados e vacinados.”

Segundo informações da Prefeitura, o número de interessados aumentou bastante desde o lançamento do post no Facebook. Esperamos que haja muitos Ashs no Rio Grande do Sul.

 

 

fonte:

ADNEWS

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s