Você sabe o que é torção gástrica em cães?

 

A torção gástrica em cães, também conhecida como síndrome da dilatação vólvulo gástrica, ou simplesmente torção de estômago, é uma enfermidade que acomete cachorros de qualquer idade e infelizmente pode levar seu cachorro a óbito em poucas horas.

A maioria nunca ouviu falar sobre torção gástrica, alguns conheceram quando assistiram ao filme Marley & Eu. A torção gástrica é uma enfermidade gravíssima que atinge principalmente os cães de grande porte.

A torção gástrica consiste na dilatação do estômago seguida da torção sobre si mesmo, prendendo gás e alimento no seu interior. Necessita de diagnóstico e atendimento extremamente rápidos para que a intervenção cirúrgica seja imediata, mata em 6 a 12 horas, sem cirurgia o cachorro morre.

A causa da torção gástrica em cães ainda é desconhecida, mas existem fatores que predispõe a tal problema. Portanto evite:

Exercício após as refeições;
Alimentos que fermentam muito ou com pouca fibra;
Dar alimento em apenas uma única refeição;
Ingestão de água na meia hora seguinte a refeição, principalmente de mangueira.

Se o seu cachorro é daqueles que devoram a comida inteira em um segundo sem mesmo mastigar não precisa se desesperar. Existem hoje em dia comedouros lentos, são potes de comida com um design diferente, que facilitam a digestão do peludo já que eles acabam comendo mais devagar!

 

As raças mais predispostas são de grande porte e que possuem o tórax profundo como o Dogue Alemão, São Bernardo, Pastor Alemão, Labrador, Setter, Dálmata, Rottweiller, etc.

319384_10100742758004107_2034262377_n

 Sintomas:

Aumento do volume abdominal;
Grande dificuldade em vomitar;
Flatulência;
Hipersalivação;
Torção gástrica em cães – Diagnóstico:

Se seu cachorro apresentar esses sintomas leve imediatamente ao veterinário. Pode ser que tenha ocorrido apenas a dilatação e não a torção gástrica, o  veterinário irá introduzir uma sonda através da boca do animal até o estômago. Caso a sonda não consiga ultrapassar para este último, será confirmado o diagnóstico de torção gástrica, ou também através de RX pode se dar à confirmação.

 

O estômago torcido impedirá o suprimento sanguíneo de diversos órgãos e o cachorro pode entrar em choque dentro de algumas horas.

Tratamento:

Estabilizar o cachorro com fluidoterapia agressiva para corrigir as alterações metabólicas e electrolíticas, O tratamento inicial é baseado na descompressão do estômago através de intubação orogástrica e, caso não seja possível realizar esse procedimento, recomenda-se à realização de descompressão com agulha e repetição da intubação orogástrica. O tratamento para o choque deve ser feito juntamente com a descompressão e monitoramento do paciente até sua completa estabilização.

O tratamento é cirúrgico, costuma-se efetuar a cirurgia de fixação do estômago na parede abdominal (gastropexia), em sua posição anatômica normal, para prevenir recidivas.

Mesmo assim a taxa de mortalidade de cães tratados cirurgicamente é elevada.

Como evitar a torção gástrica?

A prevenção é o melhor remédio, então além de dividir as refeições, evitar o exercício físico, acompanhe-o seu cachorro durante a refeição, a sua presença será fundamental caso o seu cachorro venha a passar por isto, visto que o socorro tem que ser muito rápido, então fique de olho e conheça os sintomas.

fonte: blogdocachorro

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s